3.20.2016

um novo começo...


ainda que, praticamente, tudo à nossa volta, indique o oposto, a primavera está, mesmo, a chegar. e, eis que uma pergunta surge na minha mente, pela primeira vez, nesta vida: estarei pronta para ela? 

é interessante como nunca tinha pensado nisso. as primaveras vêm e vão, todos os anos, naturalmente. e, naturalmente, tenho celebrado essas primaveras, como costumo [ou, pelo menos, tento] celebrar tudo, na vida. com muito amor e gratidão. contudo, olho - agora - para esta primavera que se aproxima, com novos olhos e à pergunta, respondo que não. não me sinto, de modo algum, preparada para a sua chegada. e não faz mal que assim seja. afinal, já dei início ao movimento necessário ao primeiro passo, nesta minha nova [antiga, muito antiga] jornada. sei que tenho muito para mudar, não obstante, sinto que começo [finalmente] a compreender esta viagem incrível, a que chamamos vida.

os últimos seis meses foram de uma extrema importância, para mim. aprendi muito, no entanto, sei que o que aprendi, não chega a ser comparável ao tamanho de um átomo, tendo em conta tudo aquilo que ainda tenho de aprender.

ontem, ao fim de seis meses, tive uma espécie de aha moment e foi nesse instante que percebi que estava a fazer tudo errado. apesar disso, não creio que tenha sido tempo perdido, pois "errar também é caminho" e, felizmente, ainda vou a tempo de começar de novo.

«embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim».*

hoje, o dia acordou repleto de luz. o silêncio interrompido, aqui e ali, pelas conversas matutinas dos pássaros, convida a um passeio lento e a um olhar para dentro: agora que já compreendo, um pouco, o porquê de ser como sou, que fazer com a essa multidão que trago em mim?

(é interessante como, quanto mais aprendemos, mais questões aparecem...)

dar as mãos à intuição e ouvir o que ela tem para me confidenciar. e jamais deixar de questionar, sem me esquecer de procurar respostas onde elas, verdadeiramente, se encontram: dentro de mim.


*trecho de uma mensagem, ditada por hammed, que terá sido recebida pelo médium francisco do espírito santo.

Sem comentários: